terça-feira, 1 de novembro de 2011

Como o Universo se formou?

"A opinião pessoal deste artigo não reflete a opinião de todos os integrantes deste blog e outros colaboradores da União Brasileira dos Deístas".





Adaptado por: @RaphaelBH_

Os cientistas fizeram uma importante descoberta em anos recentes. Esta descoberta importante foi que, antes de o Universo ser formado, não havia nada mais. Não havia terra, ar, água e não havia estrelas; nem mesmo o espaço.

Dentro deste imenso vazio, havia um pequeno ponto, tão pequeno que era difícil enxergá-lo. Muitas partículas estavam comprimidas dentro deste ponto. Então em dado momento este ponto explodiu. Quando explodiu, todas as partículas que estavam comprimidas dentro, voaram. Depois disto porções de partículas se juntaram e formaram primeiro os átomos, depois, destes átomos formaram-se as estrelas, o nosso Sol, a Terra e os outros planetas. Os cientistas chamam esta explosão de "Big Bang".

Aqui você precisa pensar numa coisa muito importante. Vamos imaginar que você ponha peças de um quebra-cabeça, ao acaso, dentro de um balão. Depois você enche o balão com ar e de repente você o estoura. Isto quer dizer que o balão "big bangueou" ...

O que acontece com as peças do quebra-cabeça que você colocou dentro do balão? Estas peças podem cair no meio da sua sala formando uma vila bonita, um aeroporto, alguma coisa que você nem saiba manejar? Ou as peças se espalhariam a esmo por toda a sala? Com certeza elas se espalhariam a esmo por toda a sala. Você precisaria juntar as peças para então formar um aeroporto ou uma casa.

Você sabe o que é o Universo? É um espaço sem fim com todas as coisas que ele contém - a Terra, o Sol, a Lua, os planetas e as estrelas. Mesmo que você ande milhões de quilômetros, não encontrará o fim. Na verdade você só estará encontrando o começo do espaço, porque o espaço é imensamente grande para ser descrito.

A Terra está neste espaço sem limites. Junto com a Terra, estão o Sol, a Lua e as milhares de estrelas que existem no espaço. Então, como todas estas coisas foram formadas? Como surgiu o Sol? Ou, como a nossa Terra surgiu?

Há dois tipos de respostas para estas pergunta.
A primeira é que o Universo sempre existiu, e surgiu por si mesmo. Isto é, muitas substâncias se juntaram por si mesmas, por acaso, para formar o Sol, as estrelas, a Terra, os mares, árvores, rios e montanhas.

Você não acha que este pensamento não tem lógica? Se um amigo seu lhe disser algo assim: "Eu coloquei um pouco de terra, umas pedras e um pouquinho de água numa caixa grande, esperei alguns anos, e então surgiu um computador de dentro desta caixa", você acreditaria nele? Provavelmente você pensaria que o seu amigo está brincando, mentindo ou ficando maluco.


Os evolucionistas contam abertamente uma estória inacreditável como esta. Um computador não pode formar-se por si mesmo como resultado de alguma coincidência. Primeiro, alguém planeja como deve ser um computador e decide quais componentes deverão ser usados. Então, em grandes indústrias, engenheiros, técnicos e centenas de trabalhadores se reúnem e usam imensas máquinas para fabricar o computador. Isto mostra que quando você vê um computador você sabe que ele não surgiu por si mesmo. Não é óbvio que pessoas inteligentes fizeram o computador? O Sol, a Terra e outros planetas são muito maiores que um computador. Então, se há pessoas que fizeram os computadores, tem de haver um poder maior que criou o Universo.

Fonte: harunyahya.com

15 comentários em “Como o Universo se formou?”

  • 1 de novembro de 2011 16:45
    Nelson Magrini Disse:

    Essa, de fato, foi a "descrição" mais IMBECIL da formação do Universo que já vi! Bom, esperar o quê de alguém que sequer sabe o que foi o Bia Bang!

    delete
  • 1 de novembro de 2011 16:47
    Franz Kafka Disse:

    Olha, esse argumento já é mais do que batido e ao meu ver só existe pro falta de conhecimento sobre o assunto ou então por pura má fé mesmo, apenas pra sustentar uma premissa religiosa.

    Basicamente o argumento diz que não se sabe como os elementos do Universo se formou e eles não poderia ter essa forma pelo mero acaso.

    Acontece que existem explicações físicas sim para a maior parte do surgimento do Universo. Basicamente a gravidade foi moldando as galáxias, os sistemas planetários, os planetas e os demais elementos. Tudo é explicado sem precisar de nenhuma interferência divina ou sobrenatural qualquer.

    Geralmente quem sustenta esse argumenta sempre compara com coisa construídas pelos homens como o computador. Como se o Universo fosse tão perfeito quanto um computador. Mas as coisas não são bem assim. Se o Universo teve um criador podemos dizer que ele é um péssimo projetista. O Universo vive em um caos. Há diversos corpos voando sem sentido e de vez em quando um deles bate em um planeta gerando destruição. Estrelas morrem e se transformam em gigantes buracos negros que engolem até mesmo galáxias inteiras. Até mesmo o nosso planeta que todos imaginam ser esféricos, perdeu esse status. Um estudo recente mostrou que ela tem um formato todo torno, lembrando uma batata. E o próprio Universo se expande resfriando, partindo pra um possível fim.

    É claro que há várias áreas da cosmologia que não possuem explicações científicas. Mas o fato de não ter não significa que a explicação seja um Deus. Essa é uma outra falha argumentativa, o Deus das lacunas. Ele só aparece onde não há explicações científicas.

    Resumindo. A base desse argumento é: não sabemos ou não temos explicação de como isso foi feito, então foi um Deus quem criou. Embora o texto seja bem superficial e ignore décadas de conhecimento científico sobre o Universo que explica sim o que lá fala que não se sabe.

    delete
  • 1 de novembro de 2011 17:18

    ''É claro que há várias áreas da cosmologia que não possuem explicações científicas''.

    Séria interessante tudo acontecer tão por acaso sem nenhuma força, sem nenhuma iniciação inteligente capaz de seqüenciar ordens tão concretas. Um dia desses assistindo um documentário na tv dizia que o ''nosso planeta tem um tamanho adequado, uma composição química e uma distância do Sol conveniente para permitir o surgimento da vida, bem como a quantidade de água em estado líquido. Apenas um detalhe: se a Terra estivesse 5% mais próxima do Sol, “continuamente teria o ‘efeito estufa’” e o homem não poderia sobreviver; e se estivesse 15% mais distante, “continuamente teriam glaciação” e, igualmente, o homem não suportaria. “Ambos os fatores são considerados irreversíveis” A órbita da terra está, portanto, no ponto exato para a vida humana. Os tipos de planetas num sistema podem também afetar o número de impactos,e assim desempenhar um papel inapreciável na evolução e manutenção dos animais. No caso da Terra, há sinais de que o gigante planeta Júpiter atua como um ‘pára-raios de cometas e asteróides’. ... Assim ele reduziu a freqüência de extinção maciças, e talvez seja esta uma razão especial de por que foi possível surgir e manterem-se em nosso planeta formas superiores de vida.

    o que não se pode observar diretamente ou indiretamente, o ateísmo ignora. Coisas como a memória pode ter uma base na biologia, mas é seguro concluir que a biologia é só por aqui? Ninguém jamais viu uma emoção, ou uma lembrança, mas elas existem.

    delete
  • 1 de novembro de 2011 17:59
    Anonimo Disse:

    Acreditar que é necessário um "Design Inteligente" para o universo é tolice. A natureza é regida pelo caos. Querem comparar lances de sorte com divindades, como disse o Franz: "Deus das Lacunas".

    A inserção de fé destinada por essas teorias falaciosas são desnecessárias ao obter um mínimo de conhecimento em astrologia. Basta analisar superficialmente o funcionamento do universo para notar que tudo o que acontece são ecos de uma explosão, de algo impossível de planejar. Você pode planejar a hora da explosão, mas o que vai acontecer durante essa explosão não está no controle de um ser inteligente, e sim de uma força natural. A gravidade, a força fraca, a força forte e o eletromagnetismo são os regentes dessa orquestra do caos.

    Qualquer construção humana é necessário um planejamento para conseguir um bom resultado. Mas na natureza não é assim. Vejam os cupins por exemplo: Constroem seus cupinzeiros de uma maneira que os seres humanos estão estudando agora como fazer semelhante, pois tem um sistema de refrigeração muito bem elaborado, conseguem alcançar alturas 4 vezes maiores que nossa atual engenharia consegue, e muitos outros atributos. O cérebro de um cupim é praticamente inexistente, e como conseguem fazer isso? Evolução! A natureza progride para adaptar a melhor forma de sobrevivência. Não é um design inteligente, mas é feito de erros e acertos. Adaptação e Aprendizagem.

    Tentar inserir um Design Inteligente nas lacunas da ciência não é uma atitude que venha a acrescentar algo de valioso a nenhum dos lados, tanto da ciência quanto ao deísmo. Pois o fato da ciência não conseguir explicar as lacunas agora, não significa que ela nunca irá consguir responder. E essa brincadeira de "esconde-esconde" de divindades terá um fim merecido.

    delete
  • 1 de novembro de 2011 21:52
    Anônimo Disse:

    Não vejo o menor problema em considerar o design inteligente como uma hipótese, SE me explicar como tudo foi formado, os mecanismos etc... Um computador é resultado de varios processos por seres inteligentes usando ferramentas e insumos, queria saber mais sobre como o universo foi formado... um pouco alem da idéia interessante e inovadora de um deus ter criado tudo como é do nada, também, e de uma forma bem conveniente a sua crença. Com todo o respeito, quero muito aprender mais sobre o modo como tudo surgiu pelo design inteligente.

    delete
  • 11 de abril de 2012 19:11

    Vou dar uma opinião bastante ateísta aqui, apesar de EU não ser.
    Acredito fielmente que nada vem do nada. Bem como o mundo surgiu de uma explosão, tal qual seria dizer que "hoje pela manhã fiz café, e o pó do café havia se transformado em diamantes dentro da xícara de acordo com o que eu mexia". Pois bem, a minha pergunta é: Tudo que VEM, vem de algo ou de algum lugar ok?! Deus veio de onde? Eu tenho a idéia que antes dele, existia outro deus, e outro deus e outro deus, tal como estamos em um universo, dentro de outro universo que fica dentro de outro universo.
    Deus por acaso Tb teria se criado, surgido do nada?! Não sei, mas é tudo tão complexo, tão sem respostas. Tipo, quando eu era criança, que perguntava a minha família de onde deus tinha vindo, eu era super reprimida e me diziam pra não me perguntar essas coisas nem em pensamento. Por que era pecado! Mas pecado pq? Igual a essa estória de céu e inferno... Parece que deus é um ser que brinca de casinha, tem bilhões de marionetes, das quais existem uma série de regras, que quem quebrar essas regras vai ser castigado indo para o inferno, quem obedecer vai pro céu, e tipo no dia que ele tiver afim de acabar com a brincadeirinha ele desce aqui, e diz " é hora de dar tchau", explode tudo, enche tudo de água e de fogo e pronto. Ae acabou neh, quem foi bom e separado de quem foi mal, ae ele passa de fase e o jogo recomeça no céu! É isso?! Falam em livre arbítrio, mas um uma liberdade de acordo com o que é conveniente para esse "deus", filho você tem livre arbítrio, mas se vc for gay, já sabe neh vai pro inferno, vc é livre só pra gostar do sexo oposto, ou vc tem liberdade pra acreditar só em mim, me adorar e ter repúdio a quem for contra mim. As religiões cristãs pregam o que nem elas acreditam, pq o maior mandamento que o deus que eles pregam deixou é”: “ Amai ao próximo como a ti mesmo”, mas os cristãos só amam o irmão da igreja até o dia que ele for bonzinho, pq no dia que resolver separar da esposa, ele é olhado torto, se ele passar um tempo sem ir a igrejinha deixar seu dízimo, na semana seguinte aparece uma comissão na casa dele querendo saber os motivos da ausência. Ou melhor, ama os cristãos da igreja, mas aquele filho que tá em casa, ou aquele irmão de sangue, só pq não pensa como ele, ele julga ser pior e acha que ele possui alguns demônios, mas que ele tem salvação... Se ele passar a acreditar nas mesmas "verdades" que ele.
    É muito confuso...

    delete
  • 11 de abril de 2012 19:12

    Continuação....

    Acredito em Deus, em um ser maior e muito superior, que não é mesquinho com a sua criação, que não premia ou pune severamente, nós apenas somos responsáveis pelos nossos atos. Toda ação existe uma reação, se eu matar alguém, terei que pagar por aquele crime de acordo com as leis vigentes do país. Se eu ajudar as pessoas e for amável com elas, é óbvio que uma maioria tb vai me amar e querer o meu bem... É a lei do retorno, tudo que vai... Volta!
    Milagres... Outra coisa confusa nas religiões cristãs... Na religião católica, se alguém acredita em um "ser" que já morreu, mas que pela sua igreja é considerado santo e essa msm pessoas estiver doente e em função da sua crença ela acreditar que através disso pode se curar e ela se curar ooooooohhhhhh "Isso é um milagre", mas se no espiritismo acontecer a mesma coisa, e "um ser que tb já morreu" fizer uma revelação ou uma cura "como eles acreditam no Dr. Fritz, pra eles aquilo tb é uma forma de milagre, de um modo geral os dois seriam milagres, mas a igreja católica recrimina e acredita serem obra de demônios! Mas foi a mesma coisa em religiões diferentes ok?!

    Agora me digam, como é possível acreditar em religiões e no deus deles, existindo tanta contradição? Nas pessoas, em seus livros, em seus pregadores? e em tantas ramificações, sendo que todos acreditam no mesmo Deus, mas cada um na sua doutrina e se julgando serem cada um a correta?!

    A bíblia parece mais ser um manual de vivência feito para a conveniência do governo! Fazendo da terra um campo de batalha constante, onde pessoas se ofendem e se matam a todo instante em nome do mesmo Deus..........

    delete
  • 1 de novembro de 2012 16:04
    Anônimo Disse:

    Olá amigos, sou deísta e acredito em um Ser superior(não necessariamente em apenas um) que criou o universo e tudo que nele existe porém não interfere no mesmo, é como uma pessoa que cria um barco, lhe dá formas e condições para flutuar sobre as águas, escolhe um córrego e o deixa partir por si próprio. Agora, de onde surgiu essa força é uma incógnita se pensarmos como humanos, que se baseiam na ideia que tudo tem um início, talvez o início, espaço e tempo não existissem dá forma que existe hoje e essa força anteceda toda a nossa compreensão racional. Quanto ao Big Bang, uma teoria de que tudo surgiu de uma partícula no meio do nada que ninguém pode explicar de onde surgiu (não que eu possa explicar minha ideia deísta de forma empírica), a partir dessa mesma explosão todos os 118 elementos químicos surgiram e criaram bilhões de corpos no universo e o mais impressionante, de uma forma inexplicável se juntaram em determinado momento criando a base da vida orgânica na terra. Sejamos razoáveis uns com os outros, até mesmo os cientistas mais renomados que viveram em nossa mundo não sabem explicar como a vida realmente surgiu, a própria física quântica é considerada uma hipótese abstrata onde coisas acontecem sem um motivo racional e matemático como a divisão do elétron no experiência da dupla fenda, sem contar que após isso, essa mesma partícula menor que um átomo se comportava de uma maneira quando alguém estava olhando e de outra quando não a observavam, é muito confuso para nossa mente entender tudo que se passou no início, o que nos resta é tentar aprender de maneira não egoísta pelo menos um pouco de nossa existência. Respeito a opinião de todos e termino com uma frase de Voltaire, um dos maiores deístas que existiu: "Posso não concordar com uma só palavra sua, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lá."

    delete
  • 1 de novembro de 2012 16:20
    Anônimo Disse:

    Caro Nelson Magrini, aqui é um lugar de opiniões não de ofensas, se você não concorda com nossas idéias ok, mas não precisa agredir com palavras, basta escrever o que pensa e explicar o porquê de suas ideias. Lembre-se, esse tipo de discussão imprópria você pode usar contra aqueles religiosos fanáticos que intelectualmente se comparam a sua especie e amam uma briguinha irracional. Como postei anteriormente, respeito a opinião de todos mesmo não concordando com uma só palavras delas. PS: é Big Bang e não Bia Bang, o 'a' nem está perto do 'g' no teclado para justificar seu erro.

    delete
  • 15 de novembro de 2012 16:28
    Anônimo Disse:

    o autor demonstra um grande analfabetismo científico.

    delete
  • 17 de janeiro de 2013 02:55
    Paulo Disse:

    Raphael,
    existem quatrilhões de planetas no Universo com condições físicas e químicas diversas. O fato da Terra ter condições que permitem a vida é puramente estatística. A teoria dos grandes números combinada com a estatística pode explicar muitas coisas que parecem milagres, mas que na verdade são prosaicas, como a vida na Terra.

    delete
  • 22 de abril de 2013 20:15

    A única coisa sensata desse artigo... "A opinião pessoal deste artigo não reflete a opinião de todos os integrantes deste blog e outros colaboradores da União Brasileira dos Deístas".

    Bom, vamos lá... tudo a respeito da origem do universo não passam de teorias, contudo estas teorias tem fundamentos, estes fundamentos podem estarem corretos ou não, mas o importante é que as teorias não são formuladas aleatoriamente. Stephen Hawking que por sinal é um astrofísico teórico, físico quântico (especialista em gravidade quântica), além de cosmólogo e deísta, [Aliás, outrora falei que muitos sequer sabem que sejam deístas, vejam algumas frases de Hawking... (1) ”O universo é governado pelas leis da ciência. As leis podem ter sido criadas por um Criador, mas um Criador não intervém para quebrar essas leis.” (2) “Há uma diferença fundamental entre a religião, que se baseia na autoridade; e a ciência, que se baseia na observação e na razão. A ciência vai ganhar porque ela funciona.” (3) “No entanto, se nós descobrirmos uma teoria completa...então nós conheceríamos a mente de Deus.”], porém Hawking intitulava-se agnóstico, além de seguidor e admirador das linhas de Issac Newton, entretando em seu mais recente livro “The Grand Desing” ele controverte suas explanações deístas, (Particularmente não vejo tão distante assim do deísmo, aliás, muito peculiar e conveniente.), vejam... [ (4) “Deus não tem mais lugar nas teorias sobre criação do universo, devido a uma série de avanços no campo da física.” (5) “Por haver uma lei como a gravidade, o universo pode e irá criar a ele mesmo do nada. A criação espontânea é a razão pela qual algo existe ao invés de não existir nada, é a razão pela qual o universo existe, pela qual nós existimos.”].

    Continua....

    delete
  • 22 de abril de 2013 20:16

    O que Hawking diz nesta última frase? Diz que a força da gravidade em algumas circunstâncias pode ser incalculável; inimaginavel. Um buraco negro é uma região do espaço que nada, nem mesmo objetos que se movam na velocidade da luz podem escapar, aliás, chama-se burraco negor por “engolir” inclusive a luz. Invisiveis, maciço desproporcinalmente (Há indícios de um destes ao lado da constelação de sargitário com 2 milhões de massas solares) e com força gravitacional colosal. Estes burracos podem atraves de suas forças gravitacionais disimarem, esterminarem, extinguirem, simplesmente fazerem deseparecer qualquér coisa que esteja no seu caminho, distorcendo; deformando espaço/tempo.

    Hawking quer que você pegue seu brinquedinho, comprima-o no menor espaço possível; sequer possa ser visto por um satelete ou telescopio, junte uma força gravitacional que poderia achatar a Canis Majoris (maior estrela conhecida) e tudo isso no meio de uma energia, muito mais veloz que a luz,aliás, que impulsina a prórpia luz a velocidades inimaginaveis, que também tem a propriedade de distorcer espaço/tempo, estou falando da energia escura, agora solte-o.

    Hawking quer dizer que a gravidade ESPONTANEAMENTE cria e recria de tempos em tempos o proprio universo, como se fosse uma mola precusora. Essa teoria tem fundamentos no próprio movimento gravitacional do universo. O universo está em contante espansão justamente por causa das forças gravitacionais dos corpos. Como no efeito mola, uma ora esta estará completamente distendida e se comprimira com toda sua força, comprimindo tudo que houver e haver no seu espaço gravitacional

    Essa força ocorre com a terra em relação ao sol. De tempos em tempos ocorre uma era glacial justamente por causa das forças gravitacionais do sol e da terra, (a terra se afasta do sol 15 cm por ano). E por consequência da mesma força a lua também esta se afastando da terra 3 a 4 cm por ano, porém chega a um certo ponto em que os corpos podem realmente seguirem sua rota independente ou voltarem a se aproximar, tudo vai depender da força gravitacional de um corpo sobre o outro.

    Enfim, não sei se hawking está certo, mas com certeza a gravidade está correta na sua função de grandiosidade universal e mais, a gravidade é com certeza uma das forças do criador.

    The end.

    delete
  • 23 de abril de 2013 11:36

    Em tempo...

    Talvez estejamos procurando algo que não exista; algo que não tenha necessidade de existir.

    Vejam bem, estamos procurando um botão iniciar, uma chave de ignição, uma alavanca...

    Se Deus é onipotente; todo poderoso, então ele é singelo e sua simplicidade é por nós entendida com certa complexidade, afinal nós somos seres em evolução. E porque não dentro dessa onipotência ser espontâneo?

    E se você fosse Deus? Com toda essa onipotência? Com o conhecimento absoluto?

    Eu compreendo a espontaneidade do criador. Com as forças existentes, como no caso da gravidade que é uma força espontânea, deixaria as coisas acontecerem por si só; simplesmente acontecerem. Não é ilógica essa teoria, pelo contrário é extremamente racional, lógico, funcional e simples.

    Então Deus é simples e também espontâneo.

    delete
  • 6 de janeiro de 2017 04:41
    Anônimo Disse:

    Como acreditar em um deista se o mesmo NÃO acredita na bíblia que e a única fonte que cita DEUS como criador de todas as coisas ? não seria deus uma mentira ? da mesma maneira um um satanista como acredita em satanás se a ÚNICA fonte primordial para a existência de DEUS e satanás.

    delete

Postar um comentário

 

[U.B.D] União Brasileira dos Deístas Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger