domingo, 6 de fevereiro de 2011

Um novo iluminismo







Depois do Iluminismo, o Homem passou a rever melhor suas crenças que aceitou sem usar a razão.
Uns optaram pela liberdade racional e a maioria adaptou suas crenças, criando justificativas, atenuando os absurdos ou simplesmente fingindo que não existem.
Alguns pensadores religiosos dão a impressão de criar uma nova religião, alegando que as escrituras não podem ser lidas literalmente e cada um cria seu deus particular.
Hoje, a sujeira que as relgiões jogaram sob o tapete parece gritar a cada descoberta e a História nos mostra, a quem tem olhos de ver e até aos que não querem ver, cada mentira frágil que foi aceita sem questionamentos, com a velha ressalva que “religião não se discute”.


Cristãos frequentam as igrejas esperando um homem que morreu há 2000 anos, como se já tivessem colocado em prática os ensinamentos, que teoricamente significa mais compaixão entre todos e merecessem sua volta para recompensar a vaidade dos que se “santificaram” segundo suas crenças confusas.
A própria espera da volta de Jesus é um desejo baseado no orgulho, uma concordância com a injustiça e uma justificativa para o medo de encarar a vida de frente, a vaidade disfarçada que nada tem a ver com o “amor ao próximo”, já que está em jogo a salvação da própria pele.


A cada dia o Homem ascende e se liberta dos mitos do passado e as religiões são cada vez mais discutidas e questionadas.


O Universo é mais fascinante e grandioso que a criação do mundo revelada pelo deus dos judeus, Javé.
A moral do Homem é mais elevada que a de seus profetas.
A Justiça do Homem supera a de seus reis e profetas.
A sabedoria humana supera os deuses que o homem criou no passado.



Para o homem se libertar e viver em harmonia, solidariedade e amor ao próximo, precisa antes enterrar seus deuses e assumir sua responsabilidade que lhe é própria.

13 comentários em “Um novo iluminismo”

  • 6 de fevereiro de 2011 13:06
    Jose Disse:

    Show de bola o post! Faço parte desse novo iluminismo, mas me considero ateu mesmo (nada contra e até apoio os deistas!). A razão para minha forma de pensar (não crença) é que o que vemos temos que associar a um criador... mas o que criou o criador?
    Fácil de responder: esqueçam esse negocio de criador.

    delete
  • 6 de fevereiro de 2011 16:17
    bruno Disse:

    Ridiculo idiota

    ha e quando for falar de Deus coloque o D maiúsculo

    delete
  • 6 de fevereiro de 2011 16:23
    dylanricardo Disse:

    Quando for falar em Frigga tambem coloque F maiusculo. Isso serve pra os outros deuses tambem :)

    delete
  • 6 de fevereiro de 2011 17:47

    Impressionante da importância de colocar deus com "D" como mudasse alguma coisa que mude o texto,mas como diz Hitchens, deus não é tão grande para que ele ganhe esse grande honra de ter o "D" maiúsculo!!!

    delete
  • 7 de fevereiro de 2011 00:13
    Anônimo Disse:

    nao concordo com o post... se o proprio autor disse que o universo é grandioso , um ser tao pequeno e insigninificante e inusto como o home nao tem o privilegio de rege-lo sozinho ignorando o real criador . a prova da criaçao de Deus esta natureza e no proprio homem...

    eu proponho o desafio de um deista les a bliblia pelo menos um capitulo por dia do novo testamento, ( pois uma vez que vc discorda d um assunto vc deve no minimo entendo-lo )

    delete
  • 7 de fevereiro de 2011 06:07

    Esse anônimo é um fanfarrão mesmo!Propor um deísta a ler a bíblia?Muitos de nós viemos da crença cristã, que tinha a bíblia como fonte e por questão de questionamento, elas deixaram de acreditar nessa lenda... Vocês cristãos nunca tem argumentos aliem da bíblia, que não passa de retrógrada, pois foi escrita para aquele tempo e para aquela cultura!!!Amigo, Deus está muito além de uma página de livro!!!

    delete
  • 8 de fevereiro de 2011 22:21
    Flavio Disse:

    Quanto comentário sem sentido. Cabe ao homem escolher seu próprio caminho, sim é claro; porém " há caminhos que são caminhos de morte..." e, são estes caminhos que muitos tem traçado. E a quem queira interessar, me refiro a morte espiritual pq a vida... nem lhes pertece, Deus é o Senhor da vida.

    delete
  • 9 de fevereiro de 2011 12:47
    Anônimo Disse:

    Há vários caminhos da morte?E o senhor é o caminho da vida?Muitos tem direitos de escolher seus caminhos,sim...Mas as pessoas querem defender suas verdades sem provas concretas!!!Mas é a lei da causa e efeito.A vida não é a base de escolher um deus, entidades ou deuses como um caminho.A escolha vem de si mesmo e independente de crenças,as pessoas podem escolher seu caminho,pois elas podem ser boas ou más.Com deus e sem deus!!!

    delete
  • 13 de fevereiro de 2011 06:39
    Willian Disse:

    Muito bom o texto...
    Sobre o desafio... Eu parei de ler o novo testamento quando li a genealogia de Jesus por Mateus e Lucas... Elas não batem... Por tudo que eu já li da bíblia no novo testamento parece que criaram um personagem para cumprir as profecias do judaísmo e cada evangelho teria sido criado e destinado para um povo especifico... O maior de seus pretensos milagres seria o de existir historicamente... Simples assim...
    abrç...

    delete
  • 25 de julho de 2011 17:13
    Anônimo Disse:

    que pensamento imbecil, é claro que Deus existe seus idiotas iludidos pelo diabo, vcs querem ser grandes coisas não é então me diga pq vcs ainda não fizeram um sol ou uma lua de verdade,ah me digam qual é o dia q vcs vão morrer? sabem? não! então deixem de falar besteira e vê se crê em Deus seus malucos, ou vai deixar pra crer quando estiverem no inferno juntamente com os outros idiotas que pensam como vcs e com o diabo.

    delete
  • 11 de outubro de 2011 22:46

    Percebo que tem cristãos que acham que só pelo fato de acreditar no Deus cristão está salvo, se conseguirem servir a bíblia à risca, o que eu acho improvável, e se estiverem certos irão para o céu, mas todas as outras religiões e até mesmo os ateus, agnóstico, deístas e afins teriam que estar errados e assim iriam para o inferno, sendo o cristianismo, ou Deus cristão mais uma crença no meio de tantas é também mais uma "aposta" no meio de tantas, multiplicando isso pelo infinito torna-se uma aposta nula, ou seja inútil. Acreditar e apostar toda sua vida naquele crença esperando uma recompensa é tolice.

    delete
  • 7 de fevereiro de 2013 13:15
    Anônimo Disse:

    a fé é o firme fundamento das coisas que não se vêm:) crer somente, se creres veras a Glória de DEUS. e os cristãos nao apostam suas vidas em um deus qualquer, pode ter certeza que cada um teve uma experienciar com DEUS, nos simplesmente entregamos a vida para AQUELE que nos criou, deixa DEUS agir em sua vida e vc vai cer o que ELE é capaz de fazer, quero só ver se vc realmente deixara DEUS agir porque se deixar vc vai ver que é uma alegria e uma felicidades que nao se acaba, mesmo perante as dificuldades!! por favor é so um pedido vá uma igreja evangelica vc vai ver leia a biblia e peça ao ESPIRITO SANTO de DEUS para estar com vc sempre

    delete
  • 10 de fevereiro de 2014 15:47

    Desculpe, mas o texto em si não tem nada; nadica de nada haver com iluminismo.

    Iluminismo foi um movimento cultural no sentido de reformar a sociedade da época. Mudar o sentido opressor e intolerante da igreja e governos, rever conceitos culturais herdados e convivência intelectual. Não devemos confundir iluminismo com Illuminatis, embora a sociedade Illuminatis tenha surgido por intermédio, ou se ratificada pelo movimento iluminista, não condiz; justifica.

    O iluminismo é muito mais político que propriamente filosófico.

    delete

Postar um comentário

 

[U.B.D] União Brasileira dos Deístas Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger