segunda-feira, 4 de abril de 2016

A solene excomunhão dos deístas no Concílio Vaticano I


* O Deísmo é uma posição intelectual de afirmação filosófica da existência de uma Causa Primeira Incausada ("Deus"), acompanhada da negação de todas as pretensas 'revelações divinas' alegadas pelas diferentes religiões - por onde se chega à conclusão de que somos dependentes, inteira e exclusivamente, da pura luz natural da Razão. Claro, que essa posição não haveria de agradar nenhum pouco às autoridades religiosas. Assim, em 1870, no Concílio Vaticano I, o Papa Pio IX excomungou solenemente todos aqueles que compartilham de alguma maneira do pensamento deísta - o que para nós deístas, como é óbvio, não significa nada mais do que um bom motivo para darmos algumas gargalhadas. Os falsos profetas que nos amaldiçoem quanto queiram! Só temos a lastimar a cegueira irracional e supersticiosa deles...
Rodrigo.
................... 

CONCILIO VATICANO I (1869-1870) 
SESSÃO III (24 de abril de 1870)
Papa Pio IX

Constituição dogmática sobre a fé católica


Capítulo das deliberações acerca da Divina Revelação

Denzinger-1806: 1. (Contra os que negam a teologia natural.) Se alguém disser que Deus não pode ser conhecido com certeza pela simples luz natural da razão humana, por meio das criaturas, seja anátema. [O leitor note como essa condenação, diferente da que virá logo abaixo, visa os rivais ateus do deísmo, mas não os deístas.]

Denzinger-1807: 2. (Contra os deístas.) Se alguém disser que não é possível ou que não convém que o homem seja ensinado, por meio da revelação divina, acerca de Deus e do culto que deve tributar-se-lhe, seja anátema

Denzinger-1808: 3.(Contra os progressistas.) Se alguém disser que o homem não pode ser, pela ação de Deus levantado a um conhecimento e perfeição que supere a natureza, senão que pode e deve finalmente chegar por se mesmo, em constante progresso, à possessão de toda a verdade e de todo o bem, seja anátema.



Denzinger-1809: 4. Se alguém não aceitar como sagrados e canônicos os livros da Sagrada Escritura, íntegros com todas as suas partes, tal como os enumerou o santo Concílio de Trento, ou negar que hajam sido divinamente inspiradosseja anátema.

0 comentários em “A solene excomunhão dos deístas no Concílio Vaticano I”

Postar um comentário

 

[U.B.D] União Brasileira dos Deístas Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger